Apesar de ser conhecido como o grande vilão da saúde, o colesterol é essencial para o funcionamento do organismo, pois desempenha importantes funções como a produção de hormônios, bile e vitamina D.

Como ele se forma?

Cerca de 70% do colesterol é produzido pelo fígado, em um processo compensatório, ou seja, quanto maior a ingestão pelos alimentos, menor a quantidade sintetizada pelo órgão. Os outros 30% vêm da alimentação.

Sinônimo de perigo!

Exceto nos casos em que há uma descompensação no metabolismo, o excesso de colesterol no sangue se deve aos hábitos alimentares incorretos, obesidade e falta de atividades físicas. É nesse momento em que ele se torna prejudicial e pode desencadear inúmeras doenças

Os tipos

Para circular na corrente sanguínea, o colesterol precisa se unir a proteínas e outros lipídeos (tipos de gordura), tornando-se uma lipoproteína, classificada de acordo com sua densidade. As mais comuns são:

LDL: lipoproteína de baixa densidade — transporta o colesterol do fígado para as células dos tecidos;

HDL: lipoproteína de alta densidade — leva o excesso de colesterol dos tecidos de volta para o fígado, para ser utilizado na síntese de sais biliares.

Fonte: Cozinha Prática Emagreça com Saúde 2 – Vol. 4 – Pág. 10

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Ingresse seu nome

13 − cinco =