Os benefícios dos exercícios físicos são de amplo conhecimento: previnem contra uma série de doenças, trazem bem-estar, aliviam o estresse e a ansiedade, aumentam a resistência muscular e contribuem para uma boa forma física. Mas em um cenário em que grande parte das atividades é praticada ao ar livre, em grupos ou em locais próprios para o esporte, como manter os exercícios em casa, cumprindo o necessário isolamento social deste período?

Nem todas as atividades a gente consegue levar para dentro de casa. Mas por que não aproveitar o período para ampliar suas práticas ou conhecer um novo tipo de exercício? Listamos abaixo aqueles que podem ser feitos em casa sem precisar de muitos acessórios para você não ficar parado nessa quarentena, assim como dicas de sites e aplicativos que não o deixarão treinar sozinho.

Alongamento

O alongamento pode ser encarado como uma prática isolada ou complementar a outras atividades físicas. Isso porque ele propicia, quando realizado antes de outros esportes, uma melhor performance, além de atuar na prevenção de lesões. O exercício consiste em permanecer determinado tempo em uma postura em que certo músculo fica em sua extensão máxima. Isso traz aumento da flexibilidade, melhora da postura, amplitude nos movimentos e ativação da circulação sanguínea. Uma das grandes vantagens é que o alongamento pode ser feito sem qualquer acessório, como mostram vídeos disponíveis no YouTube, a exemplo do Top Alongamentos.

Yoga

O yoga é uma prática que trabalha o corpo e a mente de maneira interligada, a partir da respiração, da meditação e das posturas. Entre os benefícios estão a diminuição da ansiedade, o alívio de dores, a melhora do sono e da flexibilidade e um maior equilíbrio para lidar com as questões do dia a dia. Para praticar o yoga em casa, basta encontrar um espaço tranquilo, com chão plano e liso, e usar roupas confortáveis e um tapetinho antiderrapante. O aplicativo Ioga Diária (Daily Yoga), disponível gratuitamente e com versão paga, oferece série de exercícios guiada por voz e com músicas relaxantes, com atividades simples para iniciantes.

Dança

Essa é para quem gosta de se mexer no seu próprio ritmo: a dança pode não parecer uma atividade física das mais tradicionais, mas ela oferece uma série de benefícios, que vão da melhora cardiorrespiratória à liberação de endorfina, passando pela maior flexibilidade e otimização do condicionamento aeróbico. Em síntese: dançar deixa seu corpo e sua mente mais leves. E não é preciso muito para começar: basta escolher um ritmo que o agrade e se soltar. Mas uma ajudinha pode vir com apps como Salsa Anywhere e Dança Fit Studio Lite e sites como www.fitdance.com

Musculação e aeróbico

Para quem já tem o hábito de frequentar a academia, esse período pode estar sendo ainda mais complicado. Mas mesmo sem os equipamentos é possível treinar em casa e obter os benefícios da musculação e dos exercícios aeróbicos, que são inúmeros. De usar a escada até os limitados espaços domésticos, o importante é não parar de tonificar os músculos e suar a camisa. Canais no YouTube como Home Fit Home oferecem treinos semanais. Já o aplicativo BTFIT apresenta instruções em vídeos e séries para poder realizar seus exercícios sem nenhum equipamento. E quem não pode ou não quer gastar muito tempo com as atividades físicas, o app Seven oferta treinos com duração de apenas 7 minutos, mas suficientes para a queima de gorduras.

 

Fontes:

Exame – “5 apps para fazer exercícios em casa durante a quarentena”. 24 mar. 2020

Tua Saúde – “7 benefícios do yoga para saúde”

Hypeness – “Exercícios em casa: canais e apps para manter a saúde física e mental na quarentena”

Fonte da imagem: https://www.shutterstock.com/pt/image-photo/sportive-young-lady-doing-crisscross-crunch-745029736

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Ingresse seu nome

19 − 10 =